Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 9-9917-3247 Email: [email protected]

Porto Seguro: Deficiente físico bloqueia rua em protesto contra motos que estacionaram em vaga especial

  • Jorge Pereira:Jornalista-MTE 0005599/BA - 13/02/2020

Deficiente físico bloqueia rua com carro em protesto a motos que estacionaram em vaga especial na BA — Foto: Reprodução/BA

Um deficiente físico bloqueou uma rua da cidade de Porto Seguro, no sul da Bahia, em protesto contra motos que estavam estacionadas em vaga reservada a deficientes. O caso ocorreu na terça-feira (11).

O ato durou cerca de 30 minutos, até a chegada da Polícia Militar, que retirou as duas motos do local. Os veículos não tinham cartão ou adesivo de identificação para estacionarem nas vagas.

Em vídeo, Claudinei Silva Santos, 40 anos, pediu que a Secretaria de Transporte da cidade tome providências por causa da falta de fiscalização.

Veja o vídeo: (Clique aqui)

“Onde está a fiscalização da Secretaria de Transporte de Porto Seguro. Estão parando na vaga de deficientes, não estão respeitando a legislação. Quero saber onde está o poder municipal, como para em uma vaga de deficiente? Parei meu carro aqui, não tenho acesso porque parou a moto na vaga de deficiente. A gente liga para lá e ninguém atende. Então, Secretaria de Trransporte, é uma vergonha vocês não fiscalizarem as vagas para deficientes aqui em Porto Seguro. Só vou sair daqui quando resolverem meu problema”, contou Claudinei em vídeo.

Vale lembrar que estacionar em vagas para deficientes sem o cartão ou adesivo de identificação, é considerada uma infração gravíssima, somando 7 pontos na carteira e o motorista está sujeito a pagar uma multa de R$ 293,47, além de ter o veículo removido ou rebocado. Fonte: G1



Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS