Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 9-9954-3601 Email: [email protected]
  • Camacã: GCM, Conselho tutelar e PM localizam adolescente que estava desaparecida

    • Jorge Pereira:Jornalista-MTE 0005599/BA - 28/08/2019

    .

    Na tarde da última quinta-feira (22), a Guarda Civil Municipal de Camacã, foi acionada por uma equipe do conselho tutelar para atender uma situação em São João do Panelinha, distrito de Camacã, onde informações de uma senhora dava conta que sua neta adolescente de 16 anos, tinha fugido de casa na cidade de Itabuna e estava num local conhecido como antigo chafariz.

    De posse das informações o Conselho Tutelar, Guarda Civil e Polícia Militar se juntaram e diligenciaram para elucidar o caso. Ao realizar buscas nas ruas Camacanzinho e rua Lama, acabaram localizando a adolescente dentro de uma casa, onde estava com seu namorado de 19 anos e outros familiares. No momento em que a GCM juntamente com os conselheiros e a PM chegaram no local, encontrou o pai do namorado da adolescente que informou que ela estava desde o último final de semana com seu filho  na residência em Arataca e que eles mudaram para Panelinha no sábado.

    A avó da adolescente acompanhou o resgate e diante da localização a mesma foi recolhida pelo conselho tutelar, e apresentada na delegacia de Polícia Civil para registro de um boletim de ocorrência sobre o caso e que as medidas cabíveis fossem tomada.As autoridades ouviram as partes e entregaram a adolescente a avó que a levou para Itabuna.

    Em depoimento à avó da adolescente declarou que ficou vários dias em Itacaré a procura de sua neta (adolescente) e que, após uma iniciativa do Colégio onde a menor estudava em Itabuna, conseguiram descobrir que ela havia fugido para Arataca onde morava o namorado. “A direção da escola reuniu os colegas dela que diante da polícia, confessaram que ela fugiu pra casa do namorado em Arataca e informaram o nome do rapsz e o Facebook dele. Fui até Arataca e uma pessoa informou que o pai dele vendeu um sítio onde morava e mudou pra Panelinha, aí eu pedir ajuda o Conselho Tutelar.” Relatou a avó.

    O comandante da Guarda Civil alerta os pais para que passem a monitorar os filhos adolescentes e que tenham maior controle nas redes sociais que eles frequentam. “Nossos adolescentes estão a cada dia mais vulneráveis e os pais como todo devem fiscalizar e controlar os acessos de redes sociais, bem como atentar para possíveis mudanças de comportamentos.” Orientou Delmo Souza.

    ASCOM/GCM Camacã-Por Delmo Souza

    Compartilhe

    Atenção:

    Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

    NOTÍCIAS RELACIONADAS