Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

EXPLOSÃO EM NAVIO-PLATAFORMA DA PETROBRAS DEIXA TRÊS MORTOS NO ESPÍRITO SANTO

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 11/02/2015
                       
Imagem Automática abaixo do botão

Há vários feridos e seis desaparecidos após acidente em área próxima à cidade de Aracruz (ES)

azaz

Uma explosão no navio-plataforma da Petrobras FPSO Cidade de São Mateus nesta quarta-feira (11) deixou pelo menos três trabalhadores mortos, vários feridos e seis desaparecidos no litoral capixaba nesta quarta-feira, segundo o diretor do Sindicato dos Petroleiros do Espírito Santo, Davidson Lombo.

O acidente ocorreu com o navio-plataforma que está localizado no mar próximo a Aracruz no norte do Estado. A Petrobras ainda não se manifestou sobre o assunto.

O diretor do Departamento de Segurança da FUP (Federação Única dos Petroleiros), José Maria Rangel, informou que “a plataforma está sem comunicação”.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, a equipe de apoio está aguardando as pessoas que estavam a bordo da embarcação. Elas estão sendo encaminhadas para o hospital estadual Jayme Santos Neves e para Vitória Apart Hospital, ambos localizados na cidade de Serra (ES).

A Secretaria de Saúde do Estado encaminhou para o aeroporto de Vitória ambulâncias do Samu para atender as vítimas. De acordo com a Infraero, o funcionamento do aeroporto não será afetado.

A FPSO produziu em média 2,5 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia e 2.000 barris de petróleo por dia em dezembro, segundo Rangel. A plataforma é um navio alugado da BW Offshore pela Petrobras. O contrato entrou em vigor em 2009 e tem duração até 2018.

Cerca de 30 funcionários foram retirados da plataforma, disse o diretor do Sindipetro ES, Davidson Lombo.

Fonte:R7

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS