Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

ESTADO ISLÂMICO SEQUESTRA DEZENAS DE CRISTÃOS NA SÍRIA

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 24/02/2015
                       

Imagem3Terroristas do Estado Islâmico sequestraram dezenas de cristãos em vilarejos assírios no nordeste da Síria e forçaram centenas a fugir para salvar suas vidas. Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, pelo menos noventa pessoas foram levadas.

Durante a madrugada, os extremistas invadiram os vilarejos rurais perto de Tal Tamr, onde foram registrados combates entre os terroristas e forças curdas. Alguns assírios conseguiram escapar e foram para a cidade de Hassakeh, controlada pelos curdos. Hassakeh é uma localidade importante na luta contra o EI por fazer fronteira tanto com a Turquia como com áreas controladas pelos terroristas no Iraque.

Testemunhas relataram que os homens sequestrados foram levados para a montanha de Abdul Aziz, enquanto as mulheres foram mantidas na vila de Tal Shamran, terra natal da maioria dos reféns, segundo informações de ativistas.

Terroristas do Estado Islâmico sequestraram dezenas de cristãos em vilarejos assírios no nordeste da Síria e forçaram centenas a fugir para salvar suas vidas. Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, pelo menos noventa pessoas foram levadas.

Durante a madrugada, os extremistas invadiram os vilarejos rurais perto de Tal Tamr, onde foram registrados combates entre os terroristas e forças curdas. Alguns assírios conseguiram escapar e foram para a cidade de Hassakeh, controlada pelos curdos. Hassakeh é uma localidade importante na luta contra o EI por fazer fronteira tanto com a Turquia como com áreas controladas pelos terroristas no Iraque.

Testemunhas relataram que os homens sequestrados foram levados para a montanha de Abdul Aziz, enquanto as mulheres foram mantidas na vila de Tal Shamran, terra natal da maioria dos reféns, segundo informações de ativistas.

O sequestro ocorre no momento de uma ofensiva de curdos para tomar do EI zonas ricas em petróleo e gás em Hassakeh. No domingo, os curdos renovaram os ataques contra os territórios controlados pelo grupo jihadista, ajudados por bombardeios comandados pelos Estados Unidos.

Os cristãos representavam cerca de 10% da população de 20 milhões de habitantes da Síria antes da revolta contra o regime de Bashar Assad ter início, há quase quatro anos. Os assírios, aproximadamente 40.000 na Síria, falam siríaco, uma variação do aramaico. A maior concentração de assírios na Síria está em Hassakeh, mas também há pequenas comunidades em Aleppo, Homs e Damasco.

Segundo a rede britânica BBC, há algumas semanas, o Estado Islâmico ordenou aos assírios na região de Hassakeh que retirassem as cruzes nas igrejas e passassem a pagar a jizya, a taxa cobrada aos não convertidos. Por outro lado, milícias assírias juntaram-se à ofensiva curda contra os terroristas.

(Com agências Reuters, France-Presse e EFE)

Veja

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS