Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

MENINO MORTO EM TIROTEIO É SEPULTADO NO RIO DE JANEIRO

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 01/11/2013
                       
Imagem Automática abaixo do botão
Foi sepultado nesta sexta-feira, no Cemitério Murundu, em Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio, o menino Kayo da Silva Costa, de 8 anos, morto na tarde de quinta-feira durante um tiroteio que começou dentro do Fórum de Bangu. O sargento da PM Alexandre de Oliveira, de 40 anos, também morreu.
Familiares e amigos de Kayo compareceram à cerimônia, que teve momentos de muita emoção. Os colegas de futsal do menino também prestaram a última homenagem. Vestidos com os uniformes da Escola Municipal de Bangu, os colegas de aula chegaram com rosas brancas ao velório.
Com uma salva de palmas, o corpo do garoto foi enterrado com o uniforme e o boné do Bangu Atlético Clube. Sobre o caixão branco foi colocada a bandeira do Vasco, clube onde o menino sonhava jogar. 
Menino morto perto do Fórum de Bangu é sepultado no Rio
Menino morto perto do Fórum de Bangu é sepultado no Rio
Kayo tinha acabado de sair do treino, na escolinha de futsal do Bangu, quando ocorreu o tiroteio. Pelo menos quatro criminosos, segundo a PM, invadiram o Fórum de Bangu para libertar Alexandre Bandeira de Melo, o “Piolho”, de 40 anos, apontado como chefe do tráfico do Morro do Dezoito, e Vanderlan Ramos da Silva, o “Chocolate”, 30 anos, também chefe do tráfico em favelas de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Um policial militar foi ferido dentro do prédio. Na fuga, os homens trocaram tiros com PMs que estavam em uma viatura da corporação e mais um policial foi baleado. O menino, que foi baleado e depois morreu, caminhava pela calçada e uma mulher ferida estava dentro de um ônibus.
Nesta sexta, policiais militares do 14º BPM e do Batalhão de Operações Especiais 0(Bope) realizam uma operação nas favelas Vila Vintém, Curral das Éguas, Minha Deusa e Sete Sete, na Zona Oeste do Rio, para prender os responsáveis pela morte de Kayo e do policial militar, nas proximidades do Fórum de Bangu, na tarde desta quinta-feira.
Os PMs foram recebidos a tiros nas comunidades, mas não há informação sobre feridos. Nove suspeitos já foram presos por envolvimento com o tráfico de drogas. Também foram apreendidas drogas e munição.
O Fórum de Bangu não funciona nesta sexta-feira e o policiamento na região está reforçado. 

Fonte: JB

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS