Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

2,3 MILHÕES DE BAINOS VIVEM EM EXTREMA POBREZA

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 17/10/2012
                       
Imagem Automática abaixo do botão

O relatório O Estado da Insegurança Alimentar no Mundo 2012, produzido pelas Organizações das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (ONU – FAO) e divulgado em Roma, no último dia 9, mostra que houve uma diminuição no número de pessoas que passam fome ou sofrem de desnutrição no Brasil. O País conseguiu reduzir o percentual de subnutridos de 14,9%, no período de 1990 a 1992, para 6,9%, nos anos de 2010 a 2012.
A taxa caiu de 23 milhões de brasileiros subnutridos, entre os anos de 1990 e 1992, para 13 milhões, entre 2010 e 2012, de acordo com a publicação elaborada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida) e o Programa Alimentar Mundial (PAM).
Na Bahia, os números também diminuíram. Segundo a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Pnad/Bahia, de 2004 a 2009,  de 4,7 milhões, pelo menos 1,3 milhão de baianos se livraram da fome. Em contrapartida, 2,3 milhões de baianos ainda vivem em extrema pobreza.
Apesar da diminuição do número de famintos,  outro dado  preocupa os nutricionistas, que comemoraram, nesta terça-feira, 16, o Dia Mundial da Alimentação: 283 mil baianos passaram a ter problemas com a qualidade e variedade de alimentos, aponta o Pnad. Informações Jornal A Tarde.

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS