Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

BEBIDAS MUITO QUENTES SÃO SUSPEITAS DE PROVOCAR CÂNCER DE ESÔFAGO

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 15/06/2016
                       
Imagem Automática abaixo do botão

zsdsadsasasad

Tomar bebidas em temperatura muito quente é um hábito que pode causar câncer de esôfago, alerta a Organização Mundial da Saúde, que, no entanto, retirou as suspeitas envolvendo o café e o mate consumidos em temperaturas consideradas normais.

O consumo de bebidas quentes, a 65 graus Celsius ou mais, provavelmente é cancerígeno, anunciou nesta quarta-feira a Agência Internacional de Investigação do Câncer (AIIC), em Lyon (França), cujos trabalhos são referências no assunto.

“Estes resultados sugerem que o consumo de bebida muito quente é possivelmente responsável pelo câncer de esôfago e que a temperatura, e não a bebida em si, é o fator envolvido”, declarou Christopher Wild, diretor da AIIC após uma reavaliação do risco cancerígeno do café, da erva-mate e das bebidas quentes consumidas.

“O tabagismo e o consumo de álcool são as principais causas de câncer no esôfago, especialmente em muitos países ricos”, ressalta o Dr. Wild.

No entanto, a maioria dos cânceres de esôfago ocorrem em certas regiões da Ásia, da América do Sul e da África Oriental, onde o consumo de bebidas muito quentes é frequente.

Na China, Irã, Turquia e em países da América do Sul, onde o chá ou o mate são bebidos tradicionalmente muito quentes (cerca de 70°C), o risco de câncer de esôfago aumenta com a temperatura em que a bebida é consumida, de acordo com estudos.

“As temperaturas normais de consumo para café e chá em países da Europa e América do Norte são bem abaixo. Café e chá são muitas vezes bebidos abaixo dos 60 graus”, indica a Dra. Dana Loomis, epidemiologista da AIIC.

O câncer de esôfago é o oitavo mais comum no mundo e uma das principais causas de morte por câncer, com cerca de 400.000 mortes em 2012 (5% de todas as mortes por câncer).

No entanto, não há indicações sobre a proporção de casos de câncer de esôfago ligados ao consumo de bebidas muito quentes, observou a agência do câncer da OMS.

A pesquisa visa estabelecer um risco de causar câncer, mas não o nível de risco, adverte a agência da OMS.

Este trabalho de re-avaliação, cujo resumo foi publicado na revista Lancet Oncology, foi conduzido por um grupo de especialistas internacionais “sem conflitos de interesses”, assegura Kurt Straif da AIIC. *IstoÉ

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS