Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

VÍDEO: ALCKMIN E AÉCIO CHEGAM À PAULISTA SOB VAIAS E GRITOS DE “CORRUPTOS”

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 14/03/2016
                       
Imagem Automática abaixo do botão

45yg4hrgrt

O governador Geraldo Alckmin e o senador Aécio Neves, ambos do PSDB, foram vaiados na chegada à avenida Paulista neste domingo (13). Enquanto os manifestantes gritavam “ladrão de merenda” e “corruptos”, apoiadores dos políticos usavam buzinas para abafar os protestos.

Mais cedo, Alckmin recebeu, na ala residencial do Palácio dos Bandeirantes, uma comitiva formada por senadores e deputados da oposição. Em entrevista coletiva concedida na sede do executivo paulista, Alckmin falou que “é preciso virar a página”.

— Precisamos virar essa página. Precisamos de uma solução rápida para retomar o crescimento.

O PSDB divulgou nota afirmando estar ‘ extremamente satisfeito’ com a recepção de Aécio e Alckmin pelos manifestantes na Paulista. Veja a nota na íntegra:

O governador Geraldo Alckmin, os senadores Aécio Neves e Aloysio Nunes e demais políticos do PSDB ficaram extremamente satisfeitos com a recepção da população que compareceu na Avenida Paulista, neste domingo (13). Eles foram convidados por movimentos sociais e entidades. Nunca estiverem previstos discursos de qualquer um deles. É, portanto, mentirosa e equivocada a informação que eles desistiram de suas falas. *R7

Confira o vídeo.

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS