Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

CORPO DE TRABALHADOR É COLOCADO EM TRECHO DA BR-330 EM FORMA DE PROTESTO

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 04/02/2015
                       
Imagem Automática abaixo do botão
Demora na perícia motivou protesto na BR-330 (Foto: Philipe do Socorro

Demora na perícia motivou protesto na BR-330 (Foto: Philipe do Socorro

A falta de estrutura da segurança pública na Bahia ficou mais uma vez evidente nesta terça-feira (3), em um protesto macabro na BR-330, na altura do acesso à cidade de Ibirapitanga. No protesto, uma das faixas da rodovia foi interditada de modo inusitado: com um corpo atravessado no meio da pista. O cadáver era do trabalhador rural Roberto dos Santos, de 46 anos, que veio a óbito por volta das 14h desta segunda-feira (02) num acidente quando manuseava a espingarda, na Fazenda Aurora, no município de Ubaitaba. Roberto deixou viúva e duas filhas.

Mulher chora ao lado do corpo do trabalhador rural (Foto: Philipe do Socorro)

Mulher chora ao lado do corpo do trabalhador rural (Foto: Philipe do Socorro)

De acordo com informações de Genivaldo dos Santos (52), irmão da vítima, Roberto morreu após tentar tirar uma jaca com o cabo da própria espingarda. A arma acabou atirando acidentalmente e matou Roberto. A Polícia esteve no local, levou a espingarda, mas os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) demoraram cerca de 24 para fazer a remoção do corpo. Indignados, parentes e amigos transportaram o corpo pelo meio do mato, percorrendo cerca de cinco quilômetros até a BR-330. No meio do caminho, tiveram de atravessar de canoa o Rio de Contas. O DPT só fez a remoção do corpo às 20h:30min. Segundo os peritos, eles só tiveram conhecimento da morte do trabalhador rural na tarde desta terça, quando realizavam outro levantamento cadavérico, no distrito de Itamarati, em Ibirapitanga. A família alega que desde o ocorrido informou diversas vezes as autoridades.

Informações do Ubatã Notícias.

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS