Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

BRINCADEIRA MACABRA PODE TER LEVADO JOVEM À MORTE EM PRADO

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 11/02/2015
                       
Imagem Automática abaixo do botão
 A brincadeira consistia em ser amarrado e jogado no rio.

A brincadeira consistia em ser amarrado e jogado no rio.

Nesta terça-feira, dia 10 de fevereiro, após pedidos da família, mergulhadores do Subgrupamento do Corpo de Bombeiros de Teixeira de Freitas, deslocaram-se à Prado, onde um jovem que estava desaparecido há dois dias, havia se afogado. Após horas de trabalho os militares do Corpo de Bombeiros acabaram encontrando o corpo de Juan Santos Soares, de 21 anos, nas águas do rio Jucuruçu, nas proximidades do perímetro urbano da cidade do Prado.

Chamou atenção o fato do corpo do rapaz ter sido encontrado com os pés e mãos amarrados. No final da tarde de terça-feira (10), quando faziam a retirada do corpo no Instituto Médico Legal(IML), familiares revelaram um detalhe que chamou atenção de todos, quando disseram que o jovem morto e pelo menos outros três rapazes praticavam uma brincadeira macabra, quando permitiriam serem amarrados e jogados no rio, para que saíssem sozinhos. A delegada Rosângela Santos, titular do Prado, não está totalmente convencida dessa hipótese, tanto que ouviu testemunhas durante toda a terça-feira, dia 10 e deve falar oficialmente sobre o ocorrido nos próximos dias.

Informações do Teixeira News.

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS