Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

PACIENTE COM DOENÇA GRAVE DE PELE AGONIZA ENQUANTO AGUARDA VAGA DO HGE

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 22/10/2014
                       
Imagem Automática abaixo do botão

Imagem5

Familiares do paciente Vitor Leonardo de Maia Paiva, 35 anos, que se encontra internado no Hospital Couto Maia, em Salvador, desde a última terça-feira (14), com uma reação alérgica considerada grave, conhecida como “Síndrome de Stevens Johnson”, apelam por rapidez na transferência do mesmo para o Hospital Geral do Estado (HGE). Uma amiga do paciente relata em uma rede social sua indignação com o atendimento e falta de providências.

Segundo o desabafo da amiga de Vítor, ele deu entrada no hospital, com catapora, na última terça-feira (14), e após adquirir a doença teve dores por 48 horas, quando o médico receitou morfina e após ser informado que a medicação estava em falta na unidade de saúde, prescreveu Tylex, xilocaína, mas também foi informado que não havia tais medicamentos no hospital.

Imagem6

 Ela ainda relata que materiais, como gazes para os curativos, só foram disponibilizados, após uma amiga do paciente, informar que é filha de um vereador. Um dos parentes, identificado como Adnilson Araújo, informou à reportagem do Bocão News que Vítor se queixa de dores em todo o corpo, além da dificuldade para respirar.

 A família também relatou que a doença tem danos semelhantes aos de queimaduras, e por este motivo, ele entrou na fila de vagas do serviço de regulação da rede estadual na última sexta-feira (17), para ser internado no HGE, onde tem tratamento de referência para queimados.

O Bocão News entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), que informou que o paciente está devidamente cadastrado no sistema de regulação da rede, mas que depende de uma vaga condizente ao tratamento que necessita. Sobre a falta de medicamentos e materiais, a assessoria declarou que não procede a informação e ‘que o Couto Maia conta com os medicamentos e materiais necessários para o funcionamento’.

Até o fechamento desta matéria, Vítor não havia garantido a vaga e a família informou que ele está piorando, o que indica a maior necessidade da transferência do mesmo.

Fonte:Bocãonews

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS