Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

MARIDO E CUNHADO ATEIAM FOGO EM MULHER GRÁVIDA NA REGIÃO NORTE DE BH

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 09/10/2014
                       
Imagem Automática abaixo do botão

Crime teria sido motivado porque a vítima vendeu um pacote de arroz para comprar droga

Paulo José e o irmão foram presos Record Minas

Paulo José e o irmão foram presos
Record Minas

Uma mulher grávida teve parte do corpo queimado na madrugada desta quinta-feira (9) no bairro Providência, região norte de Belo Horizonte. Segundo a PM (Polícia Militar), os suspeitos seriam o marido e o cunhado da vítima.

Ainda conforme a PM, a mulher seria usuária de drogas e contou que o marido teria se irritado ao saber que a companheira tinha vendido um pacote de arroz para uma vizinha. Ele então chamou o irmão e juntos jogaram álcool e atearam fogo em seu corpo. Ela teve 50% do corpo queimado e foi socorrida para o Hospital de Pronto-Socorro João 23.

Após socorro à vítima, os militares iniciaram buscas pela região e localizaram Paulo José da Silva Reis, de 29 anos, e Alexandre da Silva Reis, de 33, caminhando pela avenida Oscar Lobo Pereira. No entanto, os suspeitos contaram outra versão para o fato.

Conforme Paulo José, ele teria chegado do trabalho e perguntado à esposa se precisava comprar arroz. Ela teria dito que sim e ele e o irmão foram até o supermercado. Entretanto, algum tempo depois de chegar em casa com a mercadoria, a mulher teria vendido o pacote de arroz para uma vizinha, provavelmente, para conseguir dinheiro para comprar drogas.

Ele também contou que a mulher saiu de casa e retornou drogada e muito alterada, quebrando todos os móveis da residência e acordando ele e o irmão. Em seguida, a mulher mesmo teria pegado álcool e ateado fogo em seu corpo e Paulo e Alexandre saíram de casa.

Os irmãos foram presos e a ocorrência foi registrada na Delegacia de Plantão de Atendimento à Mulher, onde o caso deve ser investigado.

Fonte:R7 

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS