Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

PAULO SOUTO CONCEDEU ENTREVISTA PARA A REDE BAIANA DE RÁDIO NESSA SEGUNDA (22).

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 22/09/2014
                       
Imagem Automática abaixo do botão

Imagem1

O candidato Paulo Souto (DEM), concedeu entrevista à Rede Baiana de Rádio nessa segunda(22). O postulante ao governo do estado iniciou falando sobre o “SAC Segurança”uma das suas propostas de governo. Para o candidato a idéia do projeto  é  desburocratizar serviços que podem ser separados, não tendo atividade operacional.  De acordo com o candidato, o SAC Segurança servirá para casos que não tem grande potencial ofensivo e que podem ser resolvidos rapidamente.

 

Tráfico de drogas e Casas de recuperação:

Sobre o tráfico de drogas, apoio e criação do governo a  casas de recuperação, o postulante disse que se houverem entidades que demonstrem credibilidade,  o mesmo acha   conveniente que se der condições e  instrumentos para que o trabalho seja feito pelas entidades. “Se temos entidades religiosas ou não, que fazem serviços eficientes eu acho que se deve apoiar para que elas ampliem e qualifiquem as atividades e isso pode  ser uma política vantajosa. Isso não exclui que o estado por ele mesmo possa realizar esse tipo de atendimento”, ressaltou.

Segurança e assaltos a banco:

Quando questionado sobre os frequentes assaltos a bancos em cidades da região, o candidato  afirmou que deve ser feito uma integração entre as policias Civil e Militar. “Umas das maneiras de fazer integração é criar grupos  especiais, forças tarefas que contem com as presenças simultâneas das polícias, Civil e Militar, Polícia Técnica, Órgãos de Inteligência e quando possível, contar também com o Ministério Público. Eu fiz isso no outro governo. Quero qualificar mais e fazer da Inteligência  uma arma poderosa para evitar que esses crimes sejam praticados”, frisou.

Ainda sobre segurança, o postulante disse que outra situação para coibir ações, é interiorização do Grupamento aéreo da Polícia Militar. ” Enquanto não for possível adquirir novos helicópteros, vou transferir o helicóptero que serve ao governador  para uma das unidades que serão implantadas no interior, até que a Polícia compre novos aparelhos”, disse.

Pesquisas e 2° Turno

Sobre pesquisas eleitorais divulgadas nos últimos dias no estado,sobre o crescimento de outro candidato, Paulo  declarou que algumas pesquisas são feitas  de aliados do atual governo. ” O que temos que esperar com muita tranquilidade é o resultado da eleição. O fato real é que estamos liderando desde o início da campanha política”, afirmou.

Educação

Quando indagado sobre a  não criação de outras Universidades Federais quando o mesmo era governador, o postulante disse que a criação de Universidades Federais é de responsabilidade do Governo Federal. “Fizemos um esforço grande, quando foi criada a Universidade Federal do São Francisco por um deputado ligado ao nosso grupo político. Depois o Governo Federal criou essas universidades , o que é bom para a Bahia”, arrematou.

O candidato afirmou ainda que é importante que sejam criadas novas universidades. “Sempre houve empenho para que fossem criadas. Em algumas delas, no  meu governo , eu fiz facilidades com doações de áreas para implantação de unidades da UFRB, mostrando a nossa contribuição. É responsabilidade do governo do estado criar condições  para que a Universidades estaduais funcionem bem. Para que ampliem os cursos da universidades estaduais que são muito importantes”, salientou.

Ainda sobre educação, o candidato declarou que  o IDEB do estado caiu . “Pela segunda vez na Bahia, caiu o IDEB do nível médio da rede estadual. É  isso que o governo do estado deve se preocupar.  Deve se preocupar com a greve dos 100 dias. Os professores a fizeram porque não tinha outra alternativa. Aquela foi atitude ditatorial do governo do estado. Faltou franqueza no diálogo, clareza  e entendimento”, afirmou.

Greve da Polícia

O candidato citou a greve da polícia ocorrida nesse ano. “O que eles se queixam é que os compromissos são feitos e não cumpridos. A atitude seria ter tido uma negociação clara. Ter clareza no diálogo dizer o que pode o que não pode”, frisou.

Saúde

Quando perguntado  sobre um programa de governo denominado “Clik Bahia”, Paulo explicou a sua idéia.  “Isso surgiu   do  caráter dramático que estamos assistimos  nas questões de  saúde na Bahia. Ninguém suporta ficar 6 meses com exames na mão e não ser atendido. Ninguém suporta esperar dois anos por uma cirurgia eletiva.  Quero fazer o mais cedo possível. Estou assumindo o compromisso e quero fazer o mais rápido possível”, frisou.

O candidato falou sobre alguns órgãos da saúde na Bahia que podem, segundo ele, serem reaproveitados no seu espaço físico.”Primeiro devemos aproveitar os espaços ociosos que o estado possui. Apoiar Santas Casas que tenham uma estrutura administrativa qualificada e apoiar os hospitais municipais que estão se fechando. Não podemos  admitir que  as pessoas morram  e o estado assista isso passivamente”, salientou. O postulante declarou que se for necessário comprará vagas no setor privado para atender as necessidades das pessoas.

Ponte Salvador/Itaparica

Sobre a Ponte Salvador/ Itaparica,  Paulo disse que a idéia inicial era de ser suportado  pelo setor privado. “O projeto teria condições de viabilidade que setor privado poderia viabilizar. Hoje a idéia é diferente, pois vão ser necessário basicamente recursos públicos é preciso esperar que o projeto seja concluído e sobretudo, ver qual o esquema financeiro que pode suportar um projeto desse tipo. O que tenho dito é que na condição atual do estado, se depender de recurso do estado, é evidente que há dificuldades.  Não pretendendo barrar. Quero saber e que nível está . Se já tem um projeto básico concluído, se já tem um projeto executivo concluído e principalmente  qual o esquema financeiro que vai assegurar esse projeto recursos estão assegurados para o projeto”, destacou.

Fonte: Costa Sul Fm

 

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS