Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

CIDADÃO DENUNCIA “IRMÃ ÂNGELA” POR CRIME ELEITORAL

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 02/03/2014
                       
Deputada estampou o próprio nome e a frase "um mandato de fé e serviço" na camisa do Bloco Zé Pereira. Imagem: reprodução/Facebook.

Deputada Ângela Sousa estampou o próprio nome e a frase “um mandato de fé e serviço” na camisa do Bloco Zé Pereira. Imagem: reprodução/Facebook.

Neste sábado (1º), o cidadão Melck Rabelo usou o Facebook para criticar o comportamento político da deputada estadual Ângela Sousa.


Segundo ele, a deputada do PSD-BA cometeu crime eleitoral ao estampar seu nome nas camisas do Bloco Zé Pereira, que desfilou pelas ruas do Pontal, em Ilhéus, na noite de sexta-feira 28.


Na camisa, o nome Ângela Sousa aparece acompanhado pela frase “um mandato de fé e serviço”.

Conforme Rabelo, Ângela Sousa violou a Lei nº 9.504/97, que regulamenta as eleições para cargos dos poderes legislativo e executivo. Ele lembrou a deputada que “apoiar bloco pode, mas, nome em camisa é propaganda eleitoral” (veja aqui). 


Segundo o Art. 36 da Lei 9.504/97, “a propaganda eleitoral somente é permitida após o dia 5 de julho do ano da eleição”. 

 Informações: Blog do Gusmão


Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS