Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

UNA – DESABAFO NO FACEBOOK MAIS UMA MÃE REVOLTADA COM O ATENDIMENTO NO HOSPITAL FREI SILVERO

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 09/05/2013
                       
Imagem Automática abaixo do botão

 Matéria retirada do facebook

NEGLIGÊNCIA MÉDICA NO HOSPITAL DE UNA
Ainda me assusta a postura de certos profissionais em suas áreas de trabalho, é lastimável poder ver, se deparar , com a ignorância e o despreparo de certos profissionais na sua maneira de tratar com o público. Digo isto porque hoje a tarde fui levar minha filha Beatriz ao Hospital Frei Silvério em Una, por ela se queixar de fortes dores de cabeça, dores no corpo, febre de 38,5 e ardência nos olhos, agente pensa logo que é o que? Dengue . Ao chegar lá encontramos uma amiga de Bia, que também se queixava dos mesmos sintomas e estava em companhia da mãe, assim como uma outra senhora que trazia uma criança de aproximadamente entre 2 a 3 anos. Todas nós aguardávamos o atendimento na recepção do hospital. Passado alguns minutos veio uma técnica de enfermagem e mediu a temperatura de todas elas e concluiu que elas não estavam com febre, inclusive a criança e nos informou que a enfermeira chefe iria descer para ver a possibilidade do médico nos atender. Quando a enfermeira chefe que atende por nome Kátia chegou foi logo nos informando que o médico não iria nos atender, porque como nossas filhas não estavam com febre então não se tratava de um caso de emergência, que fossemos procurara o posto de saúde. Bom, se até aqui você ficou bege, eu que estava lá vendo e ouvindo, fiquei dez tons abaixo de nude e claro não fiquei calada e exigi o atendimento médico. Para nossa surpresa o hospital estava vazio, quando chegamos no local de atendimento médico só tinha uma moça aguardando sua vez para ser atendida. O médico, o senhor Marcos Vinicius, estava no consultório atendendo uma paciente, ao terminar a consulta saiu em direção ao setor de emergência e por lá ficou, esperamos, esperamos, esperamos aproximadamente vinte minutos e aí surgiu um caso de emergência que ele foi atender, não só ele como todo o hospital, nunca vi tanta gente. Bem, aí vocês já imaginam que tivemos que esperar outro tanto de tempo. Passado as medidas cabíveis com o atendimento ao cidadão que chegou em caráter de urgência, chega novamente até nós a enfermeira Kátia e nos diz: “vocês estão aí ainda é? eu não disse que o médico não ia atender, ele não vai atender” Eu que já estava dez tons abaixo de nude, fiquei transparente de raiva e indignada. Virei para a enfermeira e disse que se ele se recusa a atender as meninas, eu não teria nenhum constrangimento de ir até a prefeita denunciá-lo. O médico ouviu o meu protesto veio me perguntar o que eu estava sentindo, eu disse que não era eu mas sim minha filha, ele repetiu a mesma coisa da enfermeira que aquilo não era caso de emergência, mas que procurássemos o posto. Mantive minha palavra que o denunciaria se ele não atendesse, ele me respondeu que eu pudesse descer e fazer a denuncia a prefeita porque ele não iria nos atender, como de fato não atendeu. Perguntei a ele o que era que eu faria se caso a febre da minha filha voltasse, ele me disse que assim como eu tinha medicado antes, medicasse novamente e esparasse pra no outro dia ser atendida no posto. E então, ficamos felizes com uma situação dessas? Temos condição de confiar num tipo de profissional como este? No caminhar da carruagem onde vamos parar? Bom, uma coisa eu sei, irei cumprir o que eu disse, DENUNCIAREI!!! acho que não devemos nos calar.

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS