Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

PERICULOSIDADE PARA GUARDAS MUNICIPAIS DE SANTA LUZIA (MG)

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 15/04/2013
                       
Imagem Automática abaixo do botão
O vereador David Martins apresentou na câmara municipal o ante-projeto de lei que prevê o aumento do adicional de periculosidade para os Guardas Municipais. O ante-projeto está em discussão nas comissões e deve ser votado até a próxima semana.
Essa é uma questão que já vem sendo solicitada há muito tempo pelos profissionais que reinvindicam diversas melhorias nas condições de trabalho. O projeto propõe 30% sobre o salário base dos Guardas.
Várias queixas são feitas pelos GM’s que estão na ativa. Um material enviado por Guardas Municipais denuncia a situação em que os profissionais se encontram. De acordo com o material “cerca de 35% do atual efetivo da Guarda tem algum curso superior ou técnico pós-ensino médio, mas a qualidade do material humano não é valorizada, não existe qualquer treinamento contínuo adequado e não estamos incluídos no programa “Bolsa Copa” da SENASP por incompetência e má vontade de superiores da gestão passada. Só existem 20 coletes balísticos para 120 Guardas e a nossa periculosidade é paga ilegalmente e inconstitucionalmente tendo como base o salário mínimo, quando deveria ser pago em cima do vencimento.
Os Guardas usam os próprios celulares, pois não há rádios para comunicação. Há mais de dois anos não recebemos reajustes de salário, não recebemos ticket, cesta básica, não possuímos convênio médico e alguns Guardas que tiraram férias recentemente, não receberam os 30%.
O atual prefeito alega com toda a razão, que as prioridades são a saúde e a educação, mas não podemos nos esquecer, que a Guarda Municipal presta serviço em parceria com esses setores. Torna-se impossível prestar uma segurança efetiva em um posto de saúde lotado ou em uma escola onde o tráfico de drogas se faz presente, sem os equipamentos básicos de segurança e treinamento técnico e físico continuo adequado.”
A Guarda Municipal de Santa Luzia foi criada através da lei 2566 de 12 de janeiro de 2005.
No ano de 2007 foram criados 70 cargos de Guardas Municipais e posteriormente foi realizado seu primeiro concurso que contou com 70 guardasclassificados. Em seguida, no ano de 2012 foi realizado o segundo concurso com a aprovação de 60 guardas. Atualmente contamos com o efetivo 120 guardas, 112 homens, 8 mulheres, sendo que 33% do efetivo possui alguma especificação, técnica ou superior pós ensino médio. Todos do atual efetivo já fizeram cursos em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP). Os cursos mais realizados foram: Recursos Humanos; Polícia Comunitária; Meio Ambiente; Uso Progressivo da Força e Identificação Veicular.
Desde a criação da Guarda, os profissionais atuam no trânsito da cidade. A atuação da Guarda Municipal no trânsito, no ano anterior diminuiu em 39% os acidentes com vitimas em todo o município.
A Guarda hoje trabalha com o projeto “Cuca Legal”, idealizado pelo GM Magno, que ensina as crianças a se tornarem fiscais da paz no trânsito, conhecendo as transgressões mais comuns e as regras fundamentais, federais e locais, que regem a circulação de veículos e pedestres. 
Esse ano a Guarda tem como meta a implantação de mais três projetos nas escolas municipais. O Projeto “Arte da Dança” representado pelo GM e Contramestre Luis Claudio, levará a Capoeira e suas tradições, história, ritmo e melodia, ensinando a compor músicas e a fabricar artesanalmente os instrumentos dentro das escolas de ensino fundamental. A proposta político-pedagógica do projeto envolve alunos, professores, a comunidade, a capoeira e seus instrumentos, suas cantorias e festejos, promovendo atividades que valorizem a autoestima, a autoexpressão, o crescimento intelectual e humano e contribuam para a formação de crianças e adolescentes. O resultado dessetrabalho poderá ser conferido nas apresentações realizadas pelos alunos em diversos espaços e eventos. As instituições privadas ou públicas interessadas poderão solicitar apresentações. – com Carlos Sousa.

Fonte: http://gmtucanoba.blogspot.com.br/2013/04/periculosidade-para-guardas-municipais.html?zx=be3723f761a5d32e

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS