Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 99857-0585 Email: unanews@yahoo.com.br
JULIAN-CALCADOS
mercado-uniao-1
espaco-rural-placa-1-1
WhatsApp-Image-2023-07-13-at-11.39.39
escola_coopesul
unafisiombanner-1
CESTAODAECONOMIA
ECOMASTER
clinicavitamed
Cartao-de-visita-para-motorista-particular-simples-preto_20231014_003543_0000
mototaxi-1
GUTIERRE

Poluição sonora combatida com rigor na cidade

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 23/07/2012
                       
Imagem Automática abaixo do botão

               

Poluição sonora combatida com rigor na cidade

      Com objetivo de reduzir a violência e dar mais tranqüilidade ao cidadão, uma força tarefa montada pela Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom) em parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), vem realizando diversas operações na cidade com apoio das Policias Civil, Militar, Transalvador e Guarda Municipal do Salvador (GMS).
       Com a atuação do Grupamento de Operações Especiais (GOE), a Superintendência de Segurança Urbana e Prevenção a Violência (Susprev) já registrou diversas ocorrências que vão desde agressões, ameaças, desacatos a servidores públicos, além do encontro de entorpecentes. Deacordo com o Supervisor do GOE, Anderson Barros, as ações da Guarda Municipal são focadas no apoio aos agentes da Gerência de Fiscalização e Prevenção à Poluição Sonora (Gefip), responsável por medir os decibéis dos sons dos veículos e aparelhos que emitem sons. “Os agentes muitas vezes encontram dificuldades para se aproximar de carros de som e verificar os decibéis, a simples presença do nosso grupamento facilita as ações dos prepostos da Gefip”, relata Barros.
      Segundo o Coordenador da Sucom, Everaldo Freitas, as denúncias recebidas pelo órgão são confrontadas com os dados da SSP, para a partir daí serem definidos os pontos da cidade em que ocorrerá as operações. “Os agentes da Guarda Municipal têm colaborado muito conosco, inclusive nos apoiando na condução das apreensões e na segurança dos nossos servidores. O trabalho realizado juntamente com as polícias Civil e Militar e Transalvador tem contribuindo para garantir a tranqüilidade dos munícipes”.
     Baseada na Lei Municipal n° 5.354/98, que estabelece os limites sonoros de 70 decibéis das 7h às 22h e de 60 decibéis das 22h às 7h, a ação integra o Programa Pacto pela Vida e foi batizada de “Operação Silere”, e já traz diversos resultados positivos, principalmente com a redução de homicídios nos principais bairros da cidade. O número de equipamentos sonoros apreendidos já chega a quase 1.000.



fonte:http://gcmcarlinhossilva.blogspot.com.br

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS