Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 9-9917-3247 Email: unanews@yahoo.com.br

Tem início no Congresso, a jornada pela semana menor

  • Jorge Pereira:Jornalista-DRT 0005599/BA - 26/05/2011
                       
Imagem Automática abaixo do botão

                                            

As centrais sindicais começaram esta semana a jornada de lutas pela agenda sindical e política, com a manifestação no Salão Negro do Congresso Nacional pela urgência na tramitação e aprovação da PEC que trata da redução da semana de trabalho de 44 horas para 40 horas, sem redução salarial.
Já conversamos com o presidente do Senado José Sarney e durante a manifestação no Salão Negro teremos a companhia do presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, que no ato do Dia do Trabalhador afirmou ser a favor de nossa proposta.
O movimento sindical precisará de união e capacidade luta para sair vitorioso desta batalha. É difícil  reduzir a jornada de trabalho no Brasil, por causa da resistência patronal. Só duas vezes isto aconteceu: em 1943 e 1988.
A briga promete ser difícil, porém podemos aprovar a PEC ainda este ano. Mas dependerá muito da nossa luta e do apoio dos nossos aliados no Parlamento. Com mais tempo disponível, o trabalhador poderá investir na educação, qualificação, lazer e no convívio familiar.
A isto se soma a possibilidade de geração de milhões de novos postos de trabalho no país, segundo o Dieese.  Além disso, a Força Sindical e a CUT estão lutando contra a desindustrialização. Vamos participar de um seminário com a Fiesp, do qual sairá um conjunto de proposta para as proteção e desenvolvimento da indústria nacional.
Existe uma grande preocupação dos patrões e dos empregados com a importação desenfreada de produtos industriais. Isto vai prejudicar as empresas, que vão reduzir a produção e demitir trabalhadores.
Não queremos que o Brasil se torne um país de apertadores de parafusos, pois defendemos a geração de empregos de  qualidade na indústria.


Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, presidente da Força Sindical

Fonte: site força sindical

Compartilhe

Atenção:

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Una News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS