Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 9-9872-3086/9-9954-3601 Email: unanews@yahoo.com.br
  • Cientistas conseguem eliminar HIV em animais vivos pela primeira vez

    • Jorge Pereira - 05/05/2017

    Na experiência, foram utilizados camundongos que tinham recebido células humanas infectadas com o vírus.

    Hiv

    Cientistas da Universidade Temple, na Flórida, em parceria com a Universidade de Pittsburgh, alcançaram um resultado importante na luta contra o HIV. Pesquisa conduzida na Lewis Katz School of Medicine (LKSOM=, associada à Temple, conseguiu eliminar completamente o vírus de camundongos que haviam recebido células humanas infectadas com HIV. As informações são da revista Veja.

    “A equipe é a primeira a demonstrar que a replicação do HIV-1 pode ser completamente suprimida e o vírus é eliminado de células infectadas em animais com uma poderosa tecnologia de edição de genes conhecida como CRISPR/ Cas9”, informa o site da LKSOM.

    A pesquisa foi coordenada por Wenhui Hu, MD, PhD e professor associado no Centro de Pesquisa de Doenças Metabólicas e do Departamento de Patologia da LKSOM; Kamel Khalili, PhD., Laura H. Carnell professora e presidente do Departamento de Neurociências, diretora do Centro de Neurovirologia e diretora do Centro Compreensivo de NeuroAIDS da LKSOM; e por Won-Bin Young, PhD.

    O trabalho é uma continuação de um estudo anterior, em que foram usados modelos transgênicos de ratos e camundongos com DNA de HIV-1 incorporados no genoma de todos os tecidos dos corpos dos animais.

    “Nosso novo estudo é mais abrangente. Confirmamos os dados de nosso trabalho anterior e melhoramos a eficiência de nossa estratégia de edição de genes. Nós também mostramos que a estratégia é eficaz em dois modelos outros dois tipos de roedores, um representando infecção aguda em células de rato e o outro representando infecção crônica ou latente em células humanas”, explica Dr. Hu.

    O próximo passo seria repetir testes em primatas e, posteriormente, em pacientes humanos.

    Compartilhe

    NOTÍCIAS RELACIONADAS