Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 9-9872-3086/9-9954-3601 Email: [email protected]
  • Una: Meio Ambiente retira enxame de abelhas no bairro Sucupira e centro da cidade

    • Jorge Pereira - 11/01/2018

     

    una

    Fotos: Rogério Borges

    Na tarde desta quarta-feira (10), por volta das 15h, o Departamento de Meio Ambiente do município de Una foi acionado por moradores para verificar a presença de um enxame de abelhas localizado na Rua Antônio Costa, nº 101, Bairro Sucupira e outro na Rua JJ Seabra no Centro da cidade.

    Com o apoio da Guarda Civil Municipal, da empresa Biomaq e do apicultor Eduardo “Duda Bike”, os funcionários do Departamento de Meio Ambiente se deslocaram para o Bairro Sucupira onde encontraram um enxame alojado no teto da casa de um morador, logo o enxame foi capturado e retirado do local, em seguida a equipe se deslocou para a Rua JJ Seabra, onde encontrava-se outro enxame ainda maior que havia se estabelecido em uma árvore a cerca de quinze dias.

    As ruas próximas foram interditadas pelos agentes da GCM, e os moradores e comerciantes foram instruídos a fecharem as portas e janelas, pois as abelhas poderiam se espalhar pela área devido ao manejo para retirá-las. Em seguida, com auxílio de uma escada o enxame foi capturado e retirado do local em segurança.

    Segundo informações do Biólogo Rogério Borges, coordenador de Meio Ambiente de Una, ultimamente tem sido frequente a queixa de moradores por causa de enxames que tem aparecido na zona urbana. “Este fenômeno vem acontecendo por causa do desmatamento, queimadas e uso de agrotóxicos de maneira indiscriminada, isso causa um desequilíbrio ambiental e acaba afugentando as abelhas das matas para a cidade” explica o Biólogo

    “Estas são abelhas africanizadas, e elas são bem mais perigosas que outras abelhas nativas, pois defendem seu ninho com mais agressividade. Vale destacar que ao se deparar com abelhas próximas das residências, não devemos nos aproximar e é importante evitar muito barulho e agitação próximo ao enxame, manter janelas e portas fechadas, manter os animais domésticos afastados e avisar às autoridades para que tomem as devidas providências” orienta o Biólogo. Veja mais fotos: (Clique aqui)

    Jorge Pereira: Jornalista-MTE 0005599/BA

    Compartilhe

    NOTÍCIAS RELACIONADAS