Una News - Responsabilidade com a Notícia - Nosso WhatsApp (73) 9-9872-3086/9-9954-3601 Email: [email protected]
  • Canavieiras: Ex-Prefeito Almir Melo tem contas rejeitadas pelo TCM, e terá de devolver mais de R$ 43mil

    • Jorge Pereira - 22/11/2017
    canavieiras

    Ex-prefeito de Canavieiras, Almir Melo. (Foto: Reprodução/Internet)

    Nesta quarta-feira (22), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA), decidiu pela rejeição das contas da prefeitura de Canavieiras, relativas ao exercício de 2016 de responsabilidade do ex-prefeito Antônio Almir Melo.

    Segundo o TCM, entre as principais irregularidades praticadas pelo ex-gestor está a ausência de recursos em caixa para pagamento de despesas com restos a pagar, o que caracteriza descumprimento do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal, e o não pagamento de multas aplicadas pelo TCM em exercícios anteriores. Diante das irregularidades, o ex-prefeito ainda sofreu representação no Ministério Público da Bahia para que seja apurada a ocorrência de possível crime contra as finanças públicas

    Ainda de acordo com o TCM, o ex-prefeito Almir Melo não deixou em caixa recursos suficientes para cobrir as despesas com os restos a pagar de exercícios anteriores, o que gerou um saldo negativo de R$802.398,27 nas contas públicas. A irregularidade é grave, pois o gestor, ao assumir obrigações de despesas sem a correspondente disponibilidade financeira, compromete o equilíbrio das contas públicas, fato que, por si só, impõe a rejeição da prestação de contas.

    O ex-prefeito também extrapolou o limite máximo de 54% para despesas com pessoal, vez que os gastos alcançaram 63% da receita corrente líquida ao final do exercício, e não fez o pagamento de duas multas de sua responsabilidade, no total de R$2.700,00. Antônio Almir Melo foi multado em R$12 mil por irregularidades contidas no relatório técnico e em R$43.291,44, que corresponde a 30% dos seus subsídios anuais, por não ter reduzido a despesa com pessoal.* Com as informações do TCM

    ________________________________________________________________________________

    Publicidade

    una

    .

    Compartilhe

    NOTÍCIAS RELACIONADAS