UNA: PREFEITURA DECRETA PONTO FACULTATIVO NESTA SEXTA-FEIRA (27)

tjtyjtyjtjtj

A prefeita da cidade de Una, Diane Brito Rusciolelli (PT), determinou por meio do DECRETO Nº 386 de 23 de maio de 2016,   Ponto facultativo nas repartições públicas municipais nesta sexta-feira (27), considerando que é feriado de Corpus Christi nesta quinta-feira (26).

De acordo com decreto, o referido dia será cumprido por compensação, mediante acréscimo de uma hora na jornada normal de trabalho nos dias 25, 30, 31 de Maio, 01, 02 e 03 de Junho de 2016.

O Decreto não se aplica às unidades e serviços considerados essenciais, que por sua natureza não podem ser paralisados nem interrompidos, a Exemplo: Coleta de lixo, Área da saúde e Segurança pública.




UNA: PAIS DE ALUNOS VÃO À CÂMARA DE VEREADORES PARA PROTESTAR

EFEWFD
Poder Legislativo de Una

Na sessão realizada nesta terça-feira (24), na Câmara de vereadores da cidade de Una, um grupo de pais, representando a recente criada Associação de Pais e Mães de Una, levaram cartazes para protestar contra a falta de aula para seus filhos. Segundo eles, não querem levantar partido e bandeira alguma, somente querem que seus filhos voltem a estudar.

Um dos pais foi escolhido para falar na sessão.  O senhor Jan Enisson falou por mais de 10 minutos e discorreu sobre todo o problema que envolve a atual sitiada da educação de Una

O professor e vereador Jorge (PP), explanou os motivos da greve para os demais e expôs os últimos balancetes das receitas do município para todos. Segundo o vereador, com dados retirados do site do TCM, o município já disponha  de mais de R$ 2 milhões de reais em contas poupança.

Com as informações do site Atitude em Una




BAHIA TERÁ O PRIMEIRO “FORRÓ NU” DO NORDESTE

O cartaz da festa caiu no WhatsApp. Eu apaguei o telefone para você não se empolgar, viu!
Foto: Reprodução internet

Conhecida brasil à fora pela sua beleza paradisíaca, além de ser a única praia oficial destinada a prática de naturismo na Bahia, a praia de Massarandupió será o palco da primeira edição do “Forró Nu”.  A princípio, o evento, marcado para o dia 11 de junho,  era destinado apenas para “os casais que já frequentam o local”. Ou seja, adeptos do naturismo.

Porém, de acordo com o organizador da festa, que preferiu não se identificar, o cartaz de divulgação da festa acabou vazando em um grupo de whats app. “Já tem três dias, que recebo ligações de todo o país. Até mesmo de gente de fora… (risos). Todo mundo quer vir para cá”, explicou ao Aratu Online por telefone.

Segundo o rapaz, que possui um empreendimento no local, a realização da festa está sob avaliação depois de toda repercussão até então, jamais imaginada. “A festa foi pensada para os casais que frequentam à praia, casais naturistas. O cartaz foi postado no nosso grupo, só que aí, as fotos vazaram e se espalharam em outros grupos deWhatsapp. Em resumo, está difícil mantermos o evento. Já tem muita gente querendo vir. Casais de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro…”, explicou.

“Apesar de o local ter infra estrutura com pousadas, hóteis… se todo mundo que está me ligando vier não terá condições. Fora que precisaríamos ver outros grupos de forró. Por enquanto, só há um (O Sanfoneiro Zé Gouveia)”.

O refrão da música Todo Mundo Nú, que fez sucesso Brasil à fora interpretada pela banda Aviões do Forró poderia ilustrar bem o cenário da festa. Porém, ao contrário do que muitos pensam, ficar sem roupa não seria obrigatório durante o evento.

“Quem quiser ficar, pode ficar. Na praia é obrigatório ficar nu. Mas, no forró, não. Lá pode ficar com roupa, de biquíni…Não forçamos ninguém a nada, tampouco queremos associar a imagem do nosso evento à orgia, por exemplo”.







TRT5-BA LANÇA APLICATIVO PARA CELULARES COM SERVIÇOS PARA A POPULAÇÃO

A ferramenta, que é gratuita e estará disponível para o sistema Android e em breve para o iOS.

O Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA) lança, na quarta-feira (25), o seu aplicativo ‘TRT5-Mobile’ para celulares, que permitirá ao público, principalmente trabalhadores, advogados e empresas, serem notificados sobre a movimentação dos seus processos, ver o histórico e abrir sentenças e outros documentos.  Nos smartphones, o público também terá acesso a notícias sobre o funcionamento da Justiça do Trabalho na Bahia e suas campanhas contra os acidentes de trabalho e de combate ao trabalho infantil e escravo.

A ferramenta, que é gratuita e estará disponível para o sistema Android e em breve para o iOS, também possibilita emitir boletos para pagamentos de acordo e de decisões, consultar jurisprudência e pautas de audiências e sessões, entre outras comodidades. Uma das maiores vantagens é o fato de o usuário poder definir quais processos pretende acompanhar permanentemente, fixando-os como favoritos. ”É um aplicativo de inclusão e facilitação do acesso para a sociedade ao sistema do TRT5-BA. A ideia é democratizar o máximo possível o acesso à informação em um sistema eficaz e eficiente”, diz o juiz auxiliar da Presidência Firmo Leal Neto, responsável pelo projeto pioneiro do Regional baiano, que pode ser implantado nacionalmente em toda a Justiça do Trabalho.

O uso do telefone celular para acessar a internet ultrapassou o do computador pela primeira vez no Brasil, segundo dados do IBGE de 2014. O celular para navegar na rede é usado em 80,4% das casas com acesso à internet. A maior proporção desse uso foi registrada no Nordeste, com 92,5% dos domicílios com o celular como meio de acesso à internet.

TECNOLOGIA – A Justiça do Trabalho na Bahia vem investindo em tecnologia para resolver os 120 mil novos processos que recebe anualmente. Além do sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe-JT), que funciona 24 horas, inclusive nos finais de semanas e feriados, foi implantado pela presidente, desembargadora Maria Adna Aguiar, o Alvará Eletrônico, que possibilita o pagamento de créditos trabalhistas sem a necessidade de comparecimento do beneficiário às Varas do Trabalho. A ferramenta já movimentou R$ 688 milhões em apenas quatro meses de lançada.

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) prevê que três milhões de ações trabalhistas devam ingressar na Justiça em todo o país este ano. Se a previsão se confirmar, o volume representará um aumento de quase 13% em relação a 2015. O aumento é reflexo direto da crise econômica. As demissões têm feito com que profissionais aumentem a cobrança de direitos devidos. No ano passado, o Brasil perdeu 1,5 milhão de postos de emprego, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Fonte: TRT5




UNA: VÍDEO-ALUNOS OCUPAM PRÉDIO DA PREFEITURA EM PROTESTO POR ESTAREM SEM AULAS HÁ 40 DIAS

20160523_100119
Os alunos querem voltar a estudar, mas, a Prefeita não quer negociar com APLB /Foto-Una News

Nesta segunda-feira (23), alunos da Rede Municipal de ensino ocuparam o prédio da Prefeitura e também o prédio da Secretaria de Educação, em protesto por estarem há 40 dias sem aulas, devido a greve dos professores.

Segundo uma mãe que faz parte da comissão de pais de alunos, disse ela ao site Una News, que, enquanto a Prefeita Diane não receber a comissão de pais de alunos pra dialogar, o movimento irá continuar, porque seus filhos são os mais prejudicados, e não podem ficar sem estudar por muito tempo pra não atrapalhar o aprendizado.

De acordo com o professor Luciano, o objetivo da manifestação é mostrar pra gestão que o povo tá tomando as rédeas da coisa, porque no passado, a APLB fez um movimento juntamente com o Sinfespu, onde o executivo disse que era politicagem, mas, agora é o povo que tá lutando por uma qualidade na educação e por seus direitos adquiridos.

MOTIVO DA GREVE.

Os professores deflagraram a greve desde o dia 13 de abril deste ano. Eles reivindicam o pagamento do salário e o 13º do mês de dezembro de 2012, além do piso Nacional de 2016 que ainda não receberam.

Fotos/Una News




ROMERO JUCÁ SE AFASTA DO MINISTÉRIO DE PLANEJAMENTO

wetertertwer

O ministro Planejamento, Romero Jucá, pediu afastamento do cargo de ministério nesta segunda-feira (23), em entrevista coletiva, após vazamento de áudio.  “Ate o Ministério Público se manifestar eu me afasto do cargo. Se ele se manifestar dizendo que não há crime, eu espero o presidente me reconvidar”, disse. Ele deixa o governo do presidente interino Michel Temer e retorna ao Senado, já que é senador licenciado.

Vazou nesta segunda-feira (23) um áudio da conversa de Jucá e o ex-presidente da Transpetro  Sérgio Machado, onde eles teriam articulados para barrar investigações da Operação Lava Jato. Conforme a Folha de S. Paulo, o diálogo aconteceu em março e Jucá teria falado em  “estancar a sangria”. A conversa, gravada de forma oculta, foi poucos dias antes da votação do impeachment na Câmara dos Deputados.

Moreira Franco é o nome cotado para assumir o ministério de Planejamento.

O presidente Michel Temer deve conceder em breve uma entrevista coletiva para falar sobre o assunto.

Fonte: Bocão News




PRESSÃO SOBRE STF E OUTRAS POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS DE NOVO ESCÂNDALO ENVOLVENDO JUCÁ

3cs1rmbjs7_68dfhpm3jt_file
Ministro do Planejamento, Romero Jucá

Menos de duas semanas depois do afastamento da presidente Dilma Rousseff, o governo interino de Michel Temer foi atingido por sua primeira bomba relacionada à operação Lava Jato.

O jornal Folha de S. Paulo divulgou nesta segunda-feira trechos de conversas entre o ministro do Planejamento, Romero Jucá, e o ex-presidente da Transpetro, Sergio Machado, que sugerem o uso do impeachment como forma de trocar o comando do país para conter as investigações de corrupção.

O trecho mais grave das conversas relevadas pelo jornal é o momento em que Jucá diz que “tem que mudar o governo pra poder estancar essa sangria”. Segundo a reportagem, a fala se refere à Lava Jato, que investiga os dois interlocutores da conversa, Jucá e Machado. Jucá negou as acusações, dizendo que falava não de uma interferência na Lava Jato, mas sim em estancar “a paralisia do Brasil, estancar a sangria do desemprego, separar (os políticos) que têm culpa dos que não têm culpa”.

No entanto, a Folha de S. Paulo divulgou os áudios apontando que Jucá não falava sobre economia na conversa.

Além disso, a conversa sugeriria a necessidade de realizar um “pacto”, inclusive com o Supremo Tribunal Federal, para delimitar o alcance da operação.

Segundo a Folha, os diálogos foram gravados de forma oculta, em março, portanto antes de a abertura de processo de impeachment contra Dilma ter sido autorizada pela Câmara, em 17 de abril, e confirmada pelo Senado, em 12 de maio. A reportagem diz que os áudios estão em posse da Procuradoria-Geral da República (PGR) – a assessoria da instituição informou que não comentaria o assunto.

Entenda abaixo os trechos mais importantes da conversa entre Jucá e Machado e quais seu significados e possíveis consequências políticas.

Em determinado trecho da conversa revelada pela Folha, Jucá diz que “tem que mudar o governo pra poder estancar essa sangria”, em aparente referência à operação Lava Jato. Os trechos transcritos pela reportagem indicam que essa fala foi dita quando ambos discutiam o risco de novas delações premiadas que poderiam comprometer o PMDB.

Em outro trecho, Jucá acrescenta que um eventual governo Michel Temer deveria construir um pacto nacional “com o Supremo, com tudo”. Machado então responde: “aí parava tudo”. “É. Delimitava onde está, pronto”, resume o ministro, a respeito das investigações.

Para Renato Perissinoto, professor de ciência política da Universidade Federal do Paraná (UFPR), a revelação desses diálogos pode aumentar a pressão para que o STF julgue o mérito do processo de impeachment, ou seja, se manifeste sobre se há fundamento jurídico para a cassação de Dilma. Até o momento, a maioria dos ministros tem sinalizado que a Corte deve se limitar a interferir para garantir a legalidade do rito do processo.

“Claro que isso torna esse governo, do ponto de vista da legitimidade, ainda mais fraco”, afirma o professor.

Segundo Rafael Cortez, analista político da Consultoria Tendências, a conversa de Jucá e Machado certamente será usada pelos apoiadores do retorno de Dilma como forma de questionar a legitimidade do impeachment. No entanto, considera que “ainda não há evidência de que isso por si só vai reverter o apoio (à cassação de Dilma)”, já que o novo governo “gerou toda uma expectativa nos grandes agentes econômicos e em parte relevante da sociedade”.

No último dia 12, 55 senadores votaram pela abertura do processo de afastamento da presidente. Será preciso que 54 votem por sua condenação para que a petista seja definitivamente cassada.

Para Cortez, o fato de a conversa de Jucá ter vindo à tona “é um sinal de que a votação final do impeachment não está garantida”, ainda que ele opine que a absolvição da presidente ainda seja o cenário menos provável.

(mais…)




ILHÉUS: INDICADOS POR ÂNGELA SOUSA, SERVIDORES DO SAC SÃO AFASTADOS POR FAVORECIMENTO POLÍTICO

FSDFSDFSFFF

O Coordenador do Sac, Neri Santana e seu pupilo Cláudio Correia (ambos indicação da Deputada Ângela Souza e cabos eleitores do pré-candidato a prefeito Marão), estão sendo investigados pelo Instituto de Identificação Pedro Mello por “esquema de favorecimento político” de gratuidades de RG’s, assim como extravio de documentos (peças chaves) para ocultação e camuflagem dessa ação.

Segundo o coordenador perito, Dr. Fabio Santos o Órgão está investigando o desvio de no mínimo 90 fichas de identificação. A decisão imediata da SAEB foi afastar o funcionário do setor o colocando a disposição da gerencia.

Por se tratar de denúncias graves e porque não dizer crime, a gravidade dos fatos chegou até a Secretaria de Administração do Estado da Bahia, SERIN e Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC), sem falar que, caso sejam confirmado o esquema, a candidatura de ambos funcionários poderá esta comprometida para essas eleições 2016 e diante de provas circunstanciais já obtidas por meio de investigação, nos próximos dias correm o risco de serem exonerados e responderem inquérito judicialmente pelos crimes apontados. Paira um clima de tensão e suspense no Sac.

Segundo informação de um dos colaboradores (que não quis se identificar) o Coordenador Neri tomou a denúncia de surpresa, por conta dos detalhes e do avanço das investigações e em represália prometeu “mexer seus pauzinhos politicamente” para exoneração do coordenador perito, Dr. Fábio Santos (denunciante). Uma investigação da corregedoria foi aberta para apuração desse caso que ainda esta em percurso. Há informações de que uma terceira pessoa indicação também da Deputada Ângela e lotada nesse setor pode esta envolvida.

Ao procurarmos o Coordenador Geral o mesmo não quis tratar sobre o assunto. Porém os burburinhos nos corredores da instituição são de que o afastamento do colaborador partiu da Diretoria Operacional após contato direto da Coordenadora do Instituto de Identificação Pedro Mello, Dra Socorro. As investigações correm sobre sigilo, vamos aguardar as cenas e o desenrolar dessas denúncias para os próximos dias.*Reclame Boca




DESEMPREGADO ENCONTRA ENVELOPE COM R$ 11 MIL E DEVOLVE AO DONO

IMAGEM_NOTICIA_5 (3)
Após achar grana, Francisco foi descobrir endereço de empresário (Foto: Fernando Pereira/ Arquivo Pessoal)

Francisco Claudio, de 46 anos, poderia resolver pelo menos parte de seus problemas financeiros depois de encontrar um envelope com R$ 11 mil na cidade de Ji-Paraná, em Rondônia. Desempregado há cinco meses, ele surpreendeu e entregou todo o valor de volta ao dono. Segundo o G1, Francisco viu em uma emissora de televisão local o apelo de um homem que havia perdido o dinheiro no caminho para o trabalho.

O empresário Denis Ricardo deixou o envelope em cima do carro e saiu de casa com o veículo. Ao longo do trajeto, o objeto caiu na rua. “Eu moro perto do lugar onde estava o dinheiro. Fiquei pensando como ele estava se sentindo e isso me motivou a procurar ele para poder devolver ao dono”, relata Francisco, que encontrou o envelope em uma Avenida de Ji-Paraná.

Ele encontrou o endereço do empresário e foi até a casa dele. “Eu estava desesperado, pensando em outro modo para conseguir esse dinheiro novamente. Foi quando me ligaram para falar que um senhor havia encontrado o dinheiro e me devolveria de maneira integral”, disse Denis, que pagou R$ 2 mil como retribuição pela atitude.